A Medicina Ortomolecular feita da maneira certa!

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Tapioca: amiga da dieta e da saúde


Aqui no blog eu já apresentei alguns dos benefícios de incluir a tapioca na sua alimentação diária. A goma, famosa no Norte e Nordeste, não contém glúten, substância que pode causar intolerância em algumas pessoas e que também pode acabar dificultando a perda de peso em alguns casos.

Sabe por que ela é boa para perder peso? Ao contrário do pão e do biscoito, a tapioca é feita apenas de I fécula de mandioca, sem gordura, glúten ou sódio em sua composição. Além disso, não é preciso utilizar óleo no preparo da tapioca, reduzindo o consumo de gorduras e, por consequência, de calorias diárias.

Outra vantagem fica no recheio: pode ser, basicamente, o que você quiser, já que a tapioca tem um sabor suave que combina com tudo, seja doce (como frutas, geleia sem açúcar e mel) ou salgado (ricota, cenoura, frango desfiado). Assim você pode fazer uma combinação de recheios que, além de saborosos, são amigos da boa saúde e do peso em dia.

Para os celíacos (intolerantes a glúten) a tapioca é uma ótima opção para os celíacos. Estima-se que 1% da população mundial tenha doença celíaca, causada por uma reação alérgica grave ao glúten; já outros 10% da população podem apresentar reações do sistema imunológico intestinal por causa dele.


Fonte: Alto Astral (com minha consultoria)

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Chá de oliveira milagroso



Os benefícios dos frutos da oliveira ninguém nega. Ricos em ômega-3, protegem o coração, mantendo os níveis de colesterol controlados. Mas não são apenas as olivas e seu óleo que contribuem para sua saúde. Aqui no blog, já falamos um pouquinho sobre as vantagens do azeite de oliva, mas hoje você vai conhecer sobre os poderes que oliveira pode ter sobre quem quer afinar a silhueta.

As folhas da oliveira, quando consumidas na forma de infusão, podem fazer verdadeiros milagres e diminuir consideravelmente seu número, pois são capazes eliminar o excesso de peso, afinando a cintura em um tempo muito menor. Segundo pesquisas realizadas  na Universidade de Queensland (Austrália), baseada em testes realizados com roedores, comprovaram que o chá feito da folha verde não apenas emagrece, mas regulariza a pressão arterial. Este efeito se deve à oleuropeína, um presente encontrado nas folhas verdes da oliveira, cuja ação anti-inflamatória é responsável por queimar a gordura que está sobrando no corpo. 

É também possível encontrar no vegetal componentes importantíssimos como o selênio, o cobre, magnésio, potássio, manganês, zinco e fósforo, um time de minerais que faz o metabolismo acelerar e estimula a queima das gorduras. Por isso, separei uma receita rápida e super eficaz: ferva um litro de água para cada 4g a 5g da erva. Quando a água ebulir, acrescente as folhas, espere por um minuto, retire do fogo, e beba logo em seguida. E não adicione açúcar. Umas gotinhas de limão também podem dar sabor ao chá.

Com o consumo regular de 4 xícaras, em média, por dia você emagrece de 2 a 3kg
e reduz consideravelmente a circunferência e a gordura abdominal.

Mas não espere milagres, faça-os acontecer. Exercício físico e uma vida mais saudável vão garantir seu sucesso sempre.


Fonte: Dieta Já

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Vitaminas e minerais: essenciais para o emagrecimento saudável!


Já experimentou digitar a palavra “Emagrecer” em seu site de busca? É impressionante os milhares de resultados que aparecem. Sim, a busca pelo emagrecimento virou uma grande corrida pelo pote de ouro. Todos querem, mas a que preço? É preciso pensar que, antes de começar essa busca, outro fator deve ser levado em consideração: a qualidade de vida. Emagrecer com saúde tem sido o ponto-chave nas conversas entre especialistas e pacientes. Para isso, muito se tem estudado a importância de vitaminas e sais minerais nesse processo de perda e manutenção do peso.

As vitaminas e os sais minerais são micronutrientes essenciais para nosso organismo funcionar bem e de forma adequada. Por isso, devem ser consumidos regularmente, já que, além de tornarem nosso corpo saudável, também podem ser de grande ajuda no momento de perder os quilinhos extras, por estarem envolvidos em diferentes processos metabólicos diretamente relacionadas ao controle de peso. A vitamina C e o complexo de vitamina B, por exemplo, ajudam na combustão de gordura, por apresentarem antioxidantes. Eles agem em nível celular (melhoria da respiração da célula), aumentando a oxidação de gorduras. Já os minerais como zinco, magnésio, manganês, cobre e selênio permitem a perda e o controle do peso e ainda favorecem a utilização de gordura para o gasto de energia.
Segundo estudos recentes, esses nutrientes presentes em frutas, verduras, legumes, leites e carnes, quando consumidos nas quantidades recomendadas, são suficientes para fornecer todos os nutrientes de que nosso corpo necessita. Eles são obtidos naturalmente se a dieta for balanceada e de baixa caloria, com uma alimentação variada e colorida. A ingestão de suplementos de vitaminas e minerais associado a uma boa alimentação e prática regular de atividade física também ajudam no emagrecimento saudável — lembrando que devem ser prescritos e acompanhados por um médico.

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Combine berinjela e couve para emagrecer


Fáceis de encontrar, baratas, versáteis, saborosas e cheias de nutrientes. Se não bastasse tudo isso, a berinjela e a couve ainda são consideradas campeãs quando o assunto é emagrecimento. Esses alimentos, ricos em vitaminas e minerais, ajudam a emagrecer por serem pouco calóricos e terem muitas fibras, que diminuem a absorção de gorduras, controlam o açúcar no sangue e dão saciedade. Vale lembrar que essas duas maravilhas auxiliam na perda de peso, mas não devem substituir as refeições, já que sozinhas não fornecem todos os nutrientes necessários.

Berinjela
Conta com apenas 30 calorias a cada 100 gramas. Isso porque 92% da berinjela é água, o que a torna um poderoso diurético, capaz de acabar com o inchaço. Além de ser rica em fibras, que ajudam a diminuir a fome, ela tem também saponina, substância que quebra as moléculas de gordura. Outro benefício nota 10: a berinjela é um ótimo anti-inflamatório, capaz de reduzir a celulite.

Couve
Cheia de vitaminas e minerais, é um alimento de fácil digestão, com pouquíssimo sódio e nada calórico. Excelente fonte de cálcio e fibras, bloqueia as enzimas de gordura e contribui para o bom funcionamento do intestino. Além de tudo isso, ela também deixa você saciada por mais tempo. Para ter uma ideia, uma xícara de chá de couve tem apenas 36 calorias. Use e abuse dela!

Fonte: Anamaria


terça-feira, 26 de julho de 2016

Os benefícios do alho poró para a saúde e o emagrecimento


O alho poró está cada vez mais conquistando o paladar de muitos. Ele cai bem em várias receitas: pizza, risoto, patê, salada e até em preparações mais simples, como por exemplo incluir no arroz de todo dia. E o melhor de tudo isso é que ele tem propriedades bem interessantes para saúde.

Da mesma família do alho e da cebola, o alho poró que mais parece com a cebolinha possui vários nutrientes, vitaminas e minerais: vitamina A, C e do complexo B, ferro, fósforo, potássio, cálcio e a substância funcional chamada alicina que tem ação anti-inflamatória e colabora com o bom trabalho do sistema imunológico. Ele também pode ajudar no controle do colesterol.

Hoje em dia já é possível encontrar essa hortaliça em feiras, sacolões e alguns supermercados. Na hora da compra prefira os bem brancos, com a parte superior das folhas bem verdes e frescas. Você pode guardar na geladeira e usar no prazo de 3 a 5 dias. Utilize a parte branca e prefira consumir cru ou levemente aquecido para que conserve suas características naturais.

Geralmente ele é usado fatiado e pode ser preparado refogado ou assado. Procure deixar sempre al dente, para que não perca a e textura e o sabor. Fica uma delícia em recheios de tortas, suflês, risotos. Para os que não gostam de cebola, ele pode ser um ótimo substituto, já que o seu cheiro e sabor são mais suaves.


Fonte: Mais Equilíbrio

terça-feira, 19 de julho de 2016

Jiló ajuda a emagrecer!


Ele faz franzir a testa e provoca cara feia, mesmo quando está somente na imaginação. Encarar o amargo do jiló, porém, faz bem ao coração, combate o mau hálito e ainda ajuda a perder peso.

Embora pertença a mesma família que o pimentão e a berinjela, o jiló é um fruto, e não legume, como seus primos. É concentrado em vitaminas A, do complexo B e C. Contem minerais, cálcio, ferro e magnésio, mas seu potencial reverenciado é no combate ao colesterol e à halitose.

Na dieta, ele ajuda a combater a vontade de comer, sensação quase incontrolável nos mais ansiosos. O valor calórico baixo, 40 calorias em 100 gramas, permite que o jiló seja consumido sem pesar na consciência. Com uma grande quantidade de água na composição, é um aliado do regime, pois promove saciedade.

Entretanto, para ter resultados na balança e na saúde, ele deve ser incorporado à dieta. O gosto amargo precisa fazer parte da refeição ao menos uma vez por semana. Os benefícios desses alimentos só serão sentidos quando ingeridos com frequência. Não vale comer apenas esporadicamente. Uma ou duas vezes por semana é o ideal.

Para quem gostou do valor agregado, mas não consegue desfazer a careta, triturar e fazer dele uma farofa é uma boa alternativa para consumi-lo sem dor. Duas colheres de sopa por semana já são suficientes para garantir seus benefícios. Refogá-lo no azeite também deixa o alimento fácil de comer. Para quem prefere comer o fruto, cortar o jiló em quatro partes e deixá-lo de molho na água com sal por 15 minutos ajuda a reduzir o amargor. 

Fonte: Ig



terça-feira, 12 de julho de 2016

Dicas para manter a forma no inverno


Todo mundo sabe que manter o peso durante a temporada Outono-Inverno é difícil. É comum ganhar peso nessa época do ano, pois a tendência é relaxar na alimentação, se exercitar pouco e, quando menos se espera, o ponteiro da balança subiu. A dieta dá lugar às receitas tradicionais do período mais frio do ano, como foundue, queijos e chocolates. Sem contar que, ao chegar o inverno, a temperatura do nosso corpo cai e, para se aquecer, ele utiliza a comida como sua fonte mais poderosa de energia. Nessa fase, quem está acima do peso tende a preservar os quilos a mais, porque o corpo sente a necessidade de estocar a gordura.

Portanto, fique atento às dicas de como manter e até perder peso durante a temporada mais fria do ano:

Invista nas sopas
As sopas são grandes aliadas da época, mas é necessário ficar de olho ao escolher os ingredientes. Evite preparos com muito azeite, macarrão, queijos amarelos, bacon, creme de leite e pão italiano. Use grãos como lentilha e grão-de-bico misturados a vários legumes, assim torna a sopa menos densa e calórica.

Masque chicletes
Outra dica interessante é mascar chiclete sem açúcar após o almoço. Segundo um estudo da Universidade da Louisiana (EUA), ele ajuda no combate da fome por doces e também melhora sensivelmente a preguiça. Mas nunca exagere no consumo de chicletes. Se sentir fome, principalmente se a última refeição aconteceu há três horas, faça um lanche leve com baixa caloria ou coma uma fruta.

Prefira fondue light
Como fugir do clássico fondue no inverno? A saída é optar pela “versão light”. Compre queijo feito com leite desnatado ou prefira os brancos. Lembre-se: quanto mais amarelo, mais engordativo esse laticínio será. Se o fondue for de frutas, abuse do morango, da uva e do abacaxi.

Escolha vinho a outras bebidas alcoólicas
Evite o excesso de bebidas alcoólicas, mesmo que seja vinho. O correto é apenas uma taça por dia. Ele funciona como desentupidor dos vasos sanguíneos e faz bem ao coração.

Torne o ato de beber chás um hábito
Tome chá quente de erva-cidreira, chá verde e chá preto da Índia, pois eles ajudam a inibir a fome. O de gengibre aumenta o metabolismo em 20%.