A Medicina Ortomolecular feita da maneira certa!

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Óleo de cártamo ajuda no emagrecimento. Saiba como incluir na dieta diária


Um corpo bonito e em forma é um dos grandes sonhos das mulheres e o mercado sempre traz inovações que podem ajudar a concretizá-lo. Uma dessas novidades é o óleo de cártamo, que promete auxiliar não só no emagrecimento, mas também na redução de colesterol e no combate aos radicais livres. 

Entre as gorduras encontradas nesse óleo está o ômega 9, que está relacionado a redução dos níveis de triglicérides e colesterol LDL. Ele ajuda também no aumento da sensação de saciedade, é importante para auxiliar na regulagem hormonal e da vitamina E, além de atuar como antioxidante que combate os radicais livres.

Estudos relacionam também a ingestão do óleo com maior estímulo das enzimas lipólise e lipogênica, responsáveis pela quebra e estoque de gordura, respectivamente. Essa ação obriga o organismo a queimar suas reservas energéticas e, por isso, sua utilização está associada ao processo de emagrecimento. 

Alguns especialistas apontam aumento da massa magra com o consumo do óleo, isso porque o ácido linoleico aumenta a atividade de uma enzima presente no músculo esquelético, que reforça o fornecimento de energia para o trabalho e desenvolvimento muscular. Além disso, com a redução no acúmulo de gordura corporal, é possível diminuir os riscos de doença cardiovascular e de diabetes tipo 2, doenças relacionadas a obesidade. 

Adicione na sua dieta

O óleo de cártamo pode ser consumido em forma de cápsulas ou líquida, como um azeite. Por se tratar de um óleo, como o azeite, girassol entre outros, qualquer pessoa pode utilizar, desde que em quantidades moderadas. É importante que não haja aquecimento, para que sua estrutura não seja alterada e parte de suas propriedades sejam perdidas. Ele pode ser acrescentado, por exemplo, em saladas ou alimentos frios. 

No caso das cápsulas, a dica é ingerir antes das principais refeições do dia, como almoço ou jantar. É necessário que a quantidade e o tempo de uso sejam calculados individualmente por médico ou nutricionista, levando em conta os hábitos de cada um. Ele deve estar aliado a uma dieta balanceada e exercício físico, pois possui alto valor energético e caso seja associado a um estilo de vida sedentário pode causar o efeito inverso. 

Fonte: Daqui Dali


segunda-feira, 15 de julho de 2013

Biomassa de banana verde: saiba como preparar o alimento que ajuda a perder peso


Não basta ser uma das frutas mais consumidas, saborosas e adoradas no Brasil, a banana tem benefícios que vão além do que se imagina. No caso da biomassa formada pela banana-verde, é construído um prebiótico, componente resistente à ação de enzimas, não calórico e que estimula o crescimento de determinadas bactérias, como os lactobacilos. A polpa dessa fruta é conhecida por conter alta concentração de frutose, sacarose, amido e glicose, tudo que será transformado em energia pelo corpo.

Quando verde, a banana-verde mantém seus sais minerais e vitaminas (A, B1, B2, fósforo, magnésio, potássio, sódio etc.), ajuda a manter a forma — pois dificulta a absorção de gorduras — e pode ser facilmente aplicada em receitas de purê, bolos e pães. Os alimentos ricos em minerais como cálcio, zinco, magnésio, sódio e potássio são predominantemente alcalinizantes e atuam como elementos energizantes e neutralizadores de ácidos do estômago.

A biomassa de banana-verde fica ótima quando usada entre os ingredientes do mingau de aveia, da sopa ou misturada a outro alimento quente. Assim, o sabor fica mais agradável! O composto é vendido pronto em lojas de produtos naturais, mas você mesmo pode preparar em casa essa massa tão benéfica à saúde. Veja como:

  • Lave as bananas verdes com casca, uma a uma, e enxágue bem
  • Em uma panela de pressão com água fervente (para criar choque térmico), cozinhe as bananas verdes com casca, cobertas com água por 20 minutos;
  • Desligue o fogo após os primeiros 8 minutos e deixe que a pressão continue cozinhando as bananas;
  • Espere o vapor escapar naturalmente. Não force o processo abrindo a panela debaixo da torneira, por exemplo;
  • Ao término do cozimento, mantenha as bananas na água quente da panela;
  • Vá aos poucos tirando a casca da polpa, que deve ser passada imediatamente no processador. É importante que a polpa esteja bem quente, para não esfarinhar;
  • Coloque a quantidade desejada da polpa cozida no processador;
  • Processe até obter uma pasta bem espessa;
  • Se não for utilizar imediatamente, guarde a polpa em recipiente de vidro. Essa polpa pode ser guardada por 3 a 4 meses no congelador, mas necessitará de um reprocessamento.

Fontes: Cláudia e Viva Saúde

sexta-feira, 12 de julho de 2013

10 dicas para emagrecer com saúde


Convenhamos, quando se fala em dieta ou disciplina alimentar quem é que não torce o nariz? Pois esqueça tudo isso! Alimentação sem sabor e altamente restrita significa o caminho oposto do emagrecimento saudável. Veja abaixo 10 dicas para emagrecer de forma saudável e definitiva:

1. Não tenha pressa. Se está acima do peso, pergunte-se há quanto tempo carrega esse excesso. Então, para que eliminar peso do dia para a noite? 
2. Corrija gradativamente a sua atitude em relação aos alimentos.
3. Não exclua de um dia para outro aquele alimento que só de pensar dá água na boa. Na verdade, nunca o exclua, mas saiba quando e quanto pode ingerí-lo.
4. Controle a ansiedade. Encontre uma distração ou um hobby que faça com que a sua atenção desvie da comida.
5. Estipule horários para as refeições.
6. Deixe de comer aquele doce e substitua pela fruta da sua preferência.
7. Beba muita, mas muita água.
8. Deixe o seu prato colorido. Saladas e legumes devem estar presentes diariamente no almoço e jantar.
9. Se alguém notar que você está adotando novos hábitos e perguntar se está de "regime", mande um audível "não". Muitas pessoas adoram sabotar as boas intenções alheias.
10. Confie em você! Tenha sempre uma atitude positiva. Estar determinada e confiante é mais do que meio caminho andado para atingir o seu objetivo.   


Fonte: Vila Mulher

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Maçã: aliada contra o acúmulo de gordura


Se você leu este artigo, já sabe que a maçã é amiga do coração, afastando o risco de doenças cardiovasculares. Mas uma nova pesquisa realizada pela Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, faz um alerta importante sobre como se deve comer a fruta para aproveitar ao máximo todos os seus benefícios.

De acordo com os especialistas, que realizaram o estudo em junho de 2012, a casca da maçã também deve ser ingerida, pois ela ajuda no combate ao acúmulo de gordura. Isso é possível graças a uma substância chamada de ácido ursólico que está presente nela e que aumenta a quantidade de músculos e de gordura marrom, ambos tecidos que possuem a capacidade de queimar calorias.

A descoberta foi possível após submeter dois grupos de ratos a hábitos parecidos, exceto pelo consumo da casca da maçã. Aqueles que ingeriram essa parte da fruta tiveram um aumento de músculos e, consequentemente, da força e da resistência. Nesse grupo houve ainda um crescimento da gordura marrom que, assim como o tecido muscular, favorece o gasto calórico.

Por hora, é preciso analisar ainda se os benefícios se estendem aos seres humanos. Mesmo assim, parece que vale a pena comer a casca da maçã, mas desde que ela esteja bem higienizada, para evitar contaminações.


Fonte: Toda Ela

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Frio favorece o ganho de peso! Saiba o que fazer para evitar os quilos extras


O friozinho já começou a dar as caras e, com ele, as comidas deliciosas e tentadoras. É comum ganhar peso nessa época do ano, já que é quase impossível não dar uma escapadinha na dieta e fazer as receitas tradicionais do outono e do inverno, como foundue, queijos e chocolates. Para curtir a época sem quilos extras, tenha em mãos esse guia do que comer e como substituir as bombas calóricas. 

Quando chega o inverno, a temperatura do nosso corpo cai e, para se aquecer, ele utiliza a comida como sua fonte mais poderosa de energia. O organismo não quer saber da estética, o seu único objetivo é estocar energia. Por isso, nessa fase, quem está acima do peso tende a preservar os quilinhos a mais, porque o corpo sente a necessidade de estocar a gordura.

Então, se você for cair na tentação do fondue, cuidado! A dica é ir a locais que tenham o prato em pequenas quantidades. Se não conseguir se controlar, faça um fondue com queijo magro, como a ricota. Caso seu ponto fraco sejam os chocolates, invista nos amargos e sacie-se apenas com um quadradinho da barra. O vinho, acompanhamento perfeito para os jantares de dias frios, também exige atenção, já que é muito calórico. Alterne a ingestão com água.

Sopas, as estrelas da estação

As sopas são grandes aliadas da época, mas é necessário ficar de olho ao escolher os ingredientes. Um prato de caldo de carne com legumes tem 120 calorias. Se for creme de palmito com creme de leite vai para 190 calorias.  Para dar aquela forcinha à silhueta, evite preparos com muito azeite, que é calórico, sopas que levam macarrão, queijos amarelos, bacon, creme de leite e pão italiano. Os grãos, como lentilha e grão-de-bico, apesar de saudáveis, se não forem misturados com vários legumes, tornam a sopa mais densa e calórica. Queijo ralado também deve ser usado com moderação: uma colher tem 90 kcal.


Fonte: Daqui Dali

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Minhas dicas sobre batata yacón no jornal O Globo Barra

No jornal O Globo Barra do último domingo eu tive a honra de participar de uma matéria incrível falando sobre uma novidade que faz super bem à saúde e à boa forma: a batata yacón.

O tubérculo andino possui vários benefícios, entre eles, controlar o diabetes, regular o intestino, controlar o colesterol e trazer saciedade. Tudo isso com pouquíssimas calorias (cada 100g da batata contém apenas 30 calorias).

A minha paciente, Maria Valesia de Souza, é consumidora da batata yacón, e vocês ainda podem conferir uma receitinha com esse alimento na matéria. Clique para ampliar e veja!